A caderneta de poupança é um bom investimento?

Quando se fala que a caderneta de poupança é um dos investimentos mais tradicionais do brasileiro não é por menos, a mesma foi instituída em 1861 por Dom Pedro II, e tinha como público alvo pessoas de baixa renda e remunerava em 6% ao ano na época da sua criação! Entretanto, estamos chegando em 2018 e você ainda continua com a caderneta de poupança sendo o seu principal investimento? Prepare-se pois neste post você vai concluir de uma vez por todas, se a poupança é um bom investimento.

Essa preferência do brasileiro foi confirmada em uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil e demonstrou que essa modalidade de investimento corresponde a 69,5% de todas as aplicações nacionais.

Com toda certeza a facilidade de se abrir uma conta poupança, realizar movimentações, baixo risco combinados com a falta de educação financeira do brasileiro além do comodismo do brasileiro em buscar novas opções de investimentos caracterizam essa aplicação como a melhor opção.

Nossa meta com esse post é desmistificar algumas características sobre a caderneta de poupança e te ajudar no primeiro passo para investir melhor, além de responder com segurança a seguinte pergunta: a poupança é um bom investimento?

Por isso listamos aqui 11 fatos fundamentais para essa análise. E, caso queira conhecer outras opções de investimentos, baixe gratuitamente o Ebook Meu primeiro investimento.

1 . Poupança é diferente de caderneta de poupança

Na linguagem popular utilizamos caderneta de poupança como sinônimo de poupança. Entretanto, os dois termos tem significados distintos. Enquanto caderneta de poupança é o nome dado ao investimento que falaremos ao longo do post, o termo “poupança” significa o ato de poupar ou guardar dinheiro. Mas para facilitar a compreensão utilizaremos diversas vezes o termo poupança se referindo ao investimento caderneta de poupança, tudo bem?

2 . Regra de rentabilidade da poupança

Até a data 04 de Maio de 2012, a caderneta de poupança rendia 0,5% ao mês mais a TR (Taxa referencial) e fazendo as contas, em média significava um rendimento de 6,6% ao ano. Após essa data, todos os depósitos efetuados na aplicação, passaram a render de forma distinta dependendo da taxa SELIC (taxa de juros oficial da economia) vigente:

nova-regra-rentabilidade-poupança
Nova regra da caderneta de poupança

Isto é :

Quando a taxa de juros estiver acima de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança será de 0,5% ao mês mais a TR

Quando a taxa de juros estiver abaixo ou igual a 8,5% ao ano, a poupança render 70% da Selic mais a TR

Nos próximos tópicos eu vou abordar 5 frases que todo investidor iniciante já pensou ou disse ao menos uma vez:

5-mitos-crenças-poupança
5 Mitos sobre a poupança que você provavelmente já teve

3 . “Outros investimentos além da poupança são muito arriscados” (Será mesmo?)

Para quem está realizando seu primeiro investimento quer ver seu dinheiro render o mais rápido possível e para isso existem diversas opções de aplicações. Mas a dúvida que fica é : “Até que ponto vale a pena correr um maior risco em busca de mais rentabilidade?”
Entretanto, temos uma boa notícia:

É possível conciliar melhor rentabilidade com o baixo risco

Uma delas e a mais popular é o Tesouro Direto, que é o investimento mais seguro do mercado financeiro brasileiro. Outra opção são os títulos de renda fixa privada, que também não são arriscados pois apresentam a garantia do FGC – Fundo Garantidor de Crédito, que é o nosso próximo tópico.

4 . Garantia do FGC

Tanto a caderneta de poupança, quanto os investimentos em renda fixa possuem a garantia do FGC. Assim, conforme a nova regra, a entidade garante a cobertura do capital investido até R$250 mil por CPF e por instituição, com um teto de R$1 milhão durante 4 anos.

Logo, caso a instituição que você investe sofra intervenção devido falência, o investidor será ressarcido dentre dos limites estabelecidos. E isso não é exclusividade da caderneta de poupança, uma vez que diversos investimentos possuem garantia do FGC, como por exemplo

# CDB – Certificado de Depósito Bancário
# LCI – Letra de Crédito Imobiliário
# LCA – Letra de Crédito do Agronegócio
# LC – Letra de Câmbio
# RDB – Recibo de depósito Bancário
# LI – Letra Imobiliário
# LH – Letra Hipotecária

5 . “A poupança é um bom investimento porque eu consigo resgatar quando preciso”

Essa é uma frase que muitos investidores que estão começando dizem. Mas isso não é verdade! De fato, a caderneta de poupança você pode sacar sempre que quiser, pois o capital investido não fica preso. Mas essa característica não é exclusividade deste investimento. Por exemplo, existem CDB’s com altíssima liquidez que você pode resgatar a qualquer momento. E no Tesouro Direto o seu investimento demora apenas um dia útil para o dinheiro está na sua conta.

Mas tome cuidado porque se você realizar excessivos resgates ao longo do mês o banco pode entender que sua conta poupança está sendo utilizada como conta corrente e passar a te cobrar tarifas. E também vale ressaltar que na conta poupança, a partir de dois saques ao mês é cobrado tarifa por saques. Então, fique atento!

6 . “A poupança é simples e os outros investimentos são complexos”

Esse é um ponto bem recorrente, mas investir na poupança é tão simples como investir no Tesouro Direto, CDB ou LCI, onde para todos esses com poucos cliques é possível realizar o investimento. Entretanto, quando se utiliza a conta corrente do banco para transferir para a caderneta de poupança, “automaticamente” o investimento é feito, e com toda certeza essa simplicidade é um atrativo. Entretanto apenas essa simplicidade faz com que a poupança seja um bom investimento, em detrimento a outros aspectos?

Já no quesito rentabilidade, conhecer a forma de cálculo da rentabilidade da poupança não é nada simples. Veja se pela imagem abaixo você concorda comigo que não há nada de simples:

calculo-rentabilidade-poupança
O cálculo da rentabilidade da poupança não é simples

SELIC (Sistema Especial de Liquidação e Custódia
TR (Taxa Referencial)
TBF (Taxa Básica Financeira)
R (Redutor)

Enquanto isso no CDB as variáveis de rentabilidade é apenas uma (CDI ou IPCA) e depois se calcula o imposto de renda. E falando em imposto de renda, esse é outro mito que muitas pessoas tem como crença e justifica a fidelidade pela caderneta de poupança

 

7 . Imposto de Renda e a Poupança

É claro que ninguém gosta de pagar impostos, mas você sabia que existem outros investimentos isentos de imposto de renda?

Então, investimentos como LCI, LCA, CRI, CRA, ações¹ até o limite de 20 mil ao mês de venda também são isento de impostos e são mais rentáveis que a tradicional caderneta de poupança.

Até agora, tem alguma dúvida? Espero que esteja ficando claro sobre o fato de a poupança ser um bom investimento ou não.

Mas, caso você tenha dúvidas escreva nos comentários, ou se preferir fale com um dos nossos consultores, é inteiramente gratuito.

conversa-gratuita-consultor-financeiro
Conte com a ajuda de um especialista

 

1 . Ações é um investimento de renda variável, logo não existe garantia de rentabilidades, mas existe um potencial maior de rentabilidade do que a caderneta de poupança (assim como perdas)

8 . “Preciso de muito dinheiro para investir além da poupança”

Esse também é um dos motivos que fomentam a popularidade da caderneta de poupança: a acessabilidade a pequenos investidores. Entretanto, você sabia que no Tesouro Direto você consegue investir a partir de R$30,00? Nessa opção você terá mais rentabilidade e mais segurança. Além do Tesouro Direto, existem CDB’s e LCA’s LCI’s de algumas instituições disponíveis a partir de R$1,00. Isso mesmo, um real . No banco Sofisa Direto você consegue investir uma simples moedinha apenas.

9 . Inflação x Poupança

Em tempos de inflação alta, o consumidor que deixa seus recursos na caderneta de poupança tende a “perder dinheiro”, pois é provável que a rentabilidade não supere a inflação. Por exemplo, em 2015, ano de maior inflação dos últimos 10 anos, a poupança perdeu feio para a inflação (IPCA):

hoje-a-poupança-é-um-bom-investimento-inflação
G1 / Economatica. Maio de 2017

10 . Aniversário da Poupança e rentabilidade diária

“Investi um capital de R$10.000,00 no dia 10 de Novembro e resgatei no dia 05 de Dezembro , quanto que será a rentabilidade?

ZERO!

Isso mesmo, não terá rentabilidade, porque na poupança a rentabilidade só ocorre depois de 30 dias corridos, isto é, quando a aplicação faz aniversário. Assim, se o investidor decidir resgatar no 29º dia, também não terá rentabilidade para aquele mês.

E isso difere de outras opções de investimentos em renda fixa com alta liquidez : CDB’s, e Tesouro Selic, por exemplo, tem rentabilidade diária, assim, mesmo que você resgate em até 30 dias haverá rentabilidade. Mas vale ressaltar que para as opções, investimentos com prazo menor que um mês há a incidência de IOF (Imposto de operação financeira), o que é melhor que zero de rentabilidade.

11 . Quando devo utilizar a caderneta de poupança?

Acreditamos sim que a poupança deve ser utilizada, mas não como investimento. Acreditamos que o melhor uso dela seja no início da vida financeira, quando estamos aprendendo a lidar com o dinheiro ou nos primeiros contatos com o sistema bancário. E de fato, como ferramenta de aprendizagem, a simplicidade da poupança para muitos de nós brasileiro é fundamental e por isso tem grande importância no nosso amadurecimento financeiro. Assim, recomendamos sim a aplicação, mas principalmente para os mais jovens que ainda estão em processo de aprendizagem. Para quem está em construção da sua reserva de emergência, não recomendamos.

AFINAL, A POUPANÇA É UM BOM INVESTIMENTO

Você já deve ter percebido que a se a poupança é um bom investimento, mas apesar do avanço do mercado financeiro brasileiro, aprender sobre outras opções de investimentos pode parece algo bem complexo. No início é assim mesmo, é tudo uma questão de aprendizado e você já deu esse primeiro passo ao ler esse artigo. Assim, nós da Metas Financeiras, disponibilizamos nossa ajuda de 3 formas, todas elas gratuitamente :

1 . Baixe o Ebook Meu primeiro Investimento, onde detalhamos outras opções de investimentos:

Meu primeiro investimento (além da poupança)
Conheça outras opções de investimento além da poupança

2 . Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Compartilhe conosco na aba de comentários.
3 . Se quiser conversar, sem compromisso, com um dos nossos consultores financeiros para tirar alguma dúvida mais pessoal, ou fazer um diagnóstico financeiro? Estamos a um clique:

Conversa gratuita com um consultor financeiro

Bons investimentos nesse ano de 2018!



1 comentário

Deixe uma resposta